Magazine Luiza

Bem Vindo ao Blog!

Pesquise no Google:

http://sites.google.com/site/jogosdinheirointernet/magazineemocione Ranking do sites PTC, com explicação de como funcionam.

Lista Negra - Sites SCAMs
FAQ dos PTC - Perguntas Frequentes sobre Sites Pago para Clicar

FAQ do PayPal

Tutorial sobre o NeoBux, Melhor Site PTC do Momento(Incluíndo duas entrevistas do Administrador do site!)

Anuncie aqui - Planos a partir de R$200,00 por mês.

1 ano : R$2.400,00 (R$200,00 mensais)
6 meses : R$1.350,00 (R$225,00 mensais)
3 meses : R$750,00 (R$250,00 mensais)
2 meses : R$550,00 (R$275,00 mensais)
1 mês : R$300,00

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Indicados ao Óscar 2020 - Trailers, sinopse e site oficial dos indicados a melhor filme



A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou nesta 2ª feira (13.jan.2020) os concorrentes ao Oscar. “Coringa”, de Todd Phillips, foi o filme com mais indicações: 11. Em seguida aparecem “O Irlandês”, :”Era uma Vez em Hollywood” e “1917” –ambos com 10.
A cerimônia será realizada em 9 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles. Pelo 2º ano consecutivo, não terá apresentador.
Leia, abaixo, os indicados à cada categoria.

MELHOR FILME

  • “Ford vs. Ferrari”;
  • “O Irlandês”;
  • “Jojo Rabbit”;
  • “Coringa”;
  • “Adoráveis Mulheres”;
  • “História de um Casamento”;
  • “1917”;
  • “Era uma Vez em Hollywood”;
  • “Parasita”.

MELHOR ATOR

  • Antonio Banderas (“Dor e Glória”);
  • Leonardo DiCaprio (“Era uma Vez em Hollywood”);
  • Adam Driver (“História de um Casamento”);
  • Joaquin Phoenix (“Coringa”);
  • Jonathan Pryce (“Dois Papas”).

MELHOR ATRIZ

  • Cynthia Erivo (“Harriet”);
  • Scarlett Johansson (“História de um Casamento”);
  • Saoirse Ronan (“Adoráveis Mulheres”);
  • Charlize Theron (“O Escândalo”);
  • Renée Zellweger (“Judy: Muito Além do Arco-Íris”).

MELHOR DIREÇÃO

  • Martin Scorsese (“O Irlandês”);
  • Todd Phillips (“Coringa”);
  • Sam Mendes (“1917”);
  • Quentin Tarantino (“Era uma Vez em Hollywood”);
  • Bong Joon Ho (“Parasita”).

BRASIL PARTICIPA

“Democracia em Vertigem”, filme de Petra Costa que mostra o processo de impeachment de Dilma Rousseff, está concorrendo a melhor documentário.
Eis os demais:
  • “American Factory”;
  • “The Cave”;
  • “For Sama”;
  • “Honeyland”.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

  • Kathy Bathes (“O Caso Richard Jewell”);
  • Laura Dern (“História de um Casamento”);
  • Scarlett Johansson (“Jojo Rabbit”);
  • Florence Pugh (“Adoráveis Mulheres”);
  • Margot Robbie (“O Escândalo”).

MELHOR ATOR COADJUVANTE

  • Tom Hanks (“Um Lindo Dia na Vizinhança”);
  • Anthony Hopkins (“Dois Papas”);
  • Al Pacino (“O Irlandês”);
  • Joe Pesci (“O Irlandês”);
  • Brad Pitt (“Era uma Vez em Hollywood”).

MELHOR ANIMAÇÃO

  • “Como Treinar Seu Dragão 3”;
  • “I Lost My Body”;
  • “Klaus”;
  • “Link Perdido”;
  • “Toy Story 4”.

MELHOR FOTOGRAFIA

  • “O Irlandês”;
  • “Coringa”;
  • “O Farol”;
  • “1917”;
  • “Era uma Vez em Hollywood”.

MELHOR FIGURINO

  • “O Irlandês”;
  • “Jojo Rabbit”;
  • “Coringa”;
  • “Adoráveis Mulheres”;
  • “Era uma Vez em Hollywood”.

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA METRAGEM

  • “In the Absense”;
  • “Learning to Skateboard in a Warzone”;
  • “Life Overtakes Me”;
  • “St. Louis Superman”;
  • “Walk Run Cha-Cha”.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

  • “Entre Facas e Segredos” (Rian Johnson);
  • “História de um Casamento” (Noah Baumbach);
  • “1917” (Sam Mendes e Krysty Wilson-Cairns);
  • “Era uma Vez em Hollywood” (Quentin Tarantino);
  • “Parasita” (Bong Joon Ho e Han Jin Won).

MELHOR EDIÇÃO

  • “Ford vs. Ferrari”;
  • “O Irlandês”;
  • “Jojo Rabbit”;
  • “Coringa”;
  • “Parasita”.

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

  • “Corpus Christi”;
  • “Honeyland”;
  • “Os Miseráveis”;
  • “Dor e Glória”;
  • “Parasita”.

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

  • “O Escândalo”;
  • “Coringa”;
  • “Judy – Muito Além do Arco-Íris”;
  • “Malévola”;
  • “1917”.

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL

  • “Toy Story 4” – “I Can’t Let You Throw Yourself Away”;
  • “Rocketman” – “(I’m Gonna) Love Me Again”;
  • “Superação: O Milagre da Fé” – “I’m Standing With You”;
  • “Frozen 2” – “Into The Unknown”;
  • “Harriet” – “Stand Up”.

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

  • “O Irlandês”;
  • “Jojo Rabbit”;
  • “1917”;
  • “Era uma Vez em Hollywood”;
  • “Parasita”.

MELHOR CURTA ANIMADO

  • “DCERA” (Daughter);
  • “Hair Love”;
  • “Kitbull”;
  • “Memorable”;
  • “Sister”.

MELHOR CURTA METRAGEM

  • “Brotherhood”;
  • “Nefta Football Club”;
  • “The Neighbors’ Window”;
  • “Saria”;
  • “1A Sister”.

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

  • “Ford vs. Ferrari”;
  • “Coringa”;
  • “1917”;
  • “Era uma Vez em Hollywood”;
  • “Star Wars: A Ascensão Skywalker”.

MELHOR TRILHA SONORA

  • “Coringa”;
  • “Adoráveis Mulheres”;
  • “1917”;
  • “História de um Casamento”;
  • “Star Wars: A Ascensão Skywalker”.

MELHOR MIXAGEM DE SOM

  • “Ad Astra”;
  • “Ford vs. Ferrari”;
  • “Coringa”;
  • “1917”;
  • “Era uma Vez em Hollywood”.

MELHORES EFEITOS VISUAIS

  • “Vingadores: O Ultimato”;
  • “O Irlandês”;
  • “O Rei Leão”;
  • “1917”;
  • “Star Wars: A Ascensão Skywalker”.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

  • “O Irlandês” (Steven Zaillian);
  • “Jojo Rabbit” (Taika Waititi);
  • “Coringa” (Todd Phillips e Scott Silver);
  • “Adoráveis Mulheres” (Greta Gerwig);
  • “Dois Papas” (Anthony McCarten).
======================================================

Indicados a MELHOR FILME




Ford vs. Ferrari


Ford vs Ferrari | Trailer Oficial | Legendado HD

Os vencedores do Oscar®, Matt Damon e Christian Bale estrelam “Ford Vs Ferrari”, a incrível história real do visionário designer automotivo americano Carroll Shelby (Damon) e do destemido piloto britânico Ken Miles (Bale). Juntos, eles lutaram contra o domínio corporativo, as leis da física e seus próprios demônios pessoais para construir um carro de corrida revolucionário para a Ford Motor Company, assumir o controle das pistas e derrotar os carros dominantes de Enzo Ferrari, nas 24 Horas de Le Mans, na França em 1966.




SINOPSE: Durante a década de 1960, a Ford resolve entrar no ramo das corridas automobilísticas de forma 
que a empresa ganhe o prestígio e o glamour da concorrente Ferrari, 
campeoníssima em várias corridas. Para tanto, contrata o ex-piloto Carroll Shelby (Matt Damon) 
para chefiar a empreitada. Por mais que tenha carta branca para montar sua equipe, 
incluindo o piloto e engenheiro Ken Miles (Christian Bale), 
Shelby enfrenta problemas com a diretoria da Ford, especialmente pela mentalidade mais voltada 
para os negócios e a imagem da empresa do que propriamente em relação ao aspecto esportivo.

ORIGINAL: Ford v Ferrari (2019)
PAÍS: EUA
TAGS: biografia, drama, esporte, 
DIRETOR: James Mangold
ROTEIRISTA: Jez Butterworth, John-Henry Butterworth, Jason Keller, A.J. Baime

======================================================
O Irlandês



Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci estrelam O Irlandês, a saga épica do diretor Martin Scorsese sobre o crime organizado nos Estados Unidos pós-guerra. Contado através da perspectiva do veterano da Segunda Guerra Mundial Frank Sheeran, um assassino profissional que trabalhou ao lado de algumas das personalidades mais marcantes do século 20, o filme aborda um dos grandes mistérios da história americana – o desaparecimento do lendário líder sindical Jimmy Hoffa – e se transforma em uma jornada monumental pelos corredores do crime organizado: seus mecanismos, rivalidades e associações políticas.



SINOPSE: Conhecido como "O Irlandês", Frank Sheeran (Robert De Niro) é um veterano de guerra cheio de condecorações que concilia a vida de caminhoneiro com a de assassino de aluguel número um da máfia. Promovido a líder sindical, ele torna-se o principal suspeito quando o mais famoso ex-presidente da associação desaparece misteriosamente.
ORIGINAL: The Irishman (2019)
PAÍS: EUA
TAGS:
biografia, crime, drama, história, mafia, suspense, 
LIVRO DE: Charles Brandt
DIRETOR: Martin Scorsese
ROTEIRISTA: Steven Zaillian
TRILHA: Robbie Robertson

======================================================
Jojo Rabbit


Jojo Rabbit | Trailer Oficial | Legendado HD
O diretor e roteirista Taika Waititi traz seu estilo de humor para o seu mais recente filme, Jojo Rabbit, uma sátira da Segunda Guerra Mundial que acompanha um garoto alemão solitário (Roman Griffin Davis como JoJo). A visão de mundo de Jojo vira de cabeça para baixo quando ele descobre que sua mãe solteira (Scarlett Johansson) está escondendo uma jovem judia (Thomasin McKenzie) em seu sótão. Com ajuda apenas de seu amigo imaginário idiota, Adolf Hitler (Taika Waititi), Jojo deve confrontar seu nacionalismo cego.



SINOPSE: Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial. Jojo (Roman Griffin Davis) é um jovem nazista de 10 anos, que trata Adolf Hitler (Taika Waititi) como um amigo próximo, em sua imaginação. Seu maior sonho é participar da Juventude Hitlerista, um grupo pró-nazista composto por outras pessoas que concordam com os seus ideais. Um dia, Jojo descobre que sua mãe (Scarlett Johansson) está escondendo uma judia (Thomasin McKenzie) no sótão de casa. Depois de várias tentativas frustradas para expulsá-la, o jovem rebelde começa a desenvolver empatia pela nova hóspede.
ORIGINAL: Jojo Rabbit (2020)
PAÍS: EUA
TAGS: comédia, guerra, 
DIRETOR: Taika Waititi
ROTEIRISTA: Taika Waititi

======================================================
Coringa




CORINGA Trailer Brasileiro LEGENDADO # 2 (Novo, 2019)

Coringa, do diretor Todd Phillips, é uma história original e fictícia sobre o icônico vilão nunca antes vista no cinema. A versão de Phillips sobre Arthur Fleck, interpretado de maneira memorável por Joaquin Phoenix, mostra um homem lutando para se integrar à sociedade despedaçada de Gotham. Trabalhando como palhaço durante o dia, ele tenta a sorte como comediante de stand-up à noite... mas descobre que a piada é sempre ele mesmo. Preso em uma existência cíclica, oscilando entre a realidade e a loucura, Arthur toma uma decisão equivocada que causa uma reação em cadeia, com consequências cada vez mais graves e letais, nesta exploração ousada do personagem.
Phoenix, três vezes indicado ao Oscar (“O Mestre”, “Johnny & June”, “Gladiador”), estrela no papel-título, ao lado do vencedor do Oscar Robert De Niro (“Touro Indomável”, “O Poderoso Chefão 2”). O filme também é estrelado por Zazie Beetz (“Deadpool 2”), Frances Conroy (da série de TV “American Horror Story”, da série da Hulu “Castle Rock Brett Cullen (“42 - A História De Uma Lenda”, da série da Netflix “Narcos”), Glenn Fleshler (das séries de TV “Billions” e “Barry”), Bill Camp (“Operação Red Sparrow”, “A Grande Jogada”), Shea Whigham (“O Primeiro Homem”, “Kong: A Ilha da Caveira”), Marc Maron (das séries de TV “Maron” e “GLOW”), Douglas Hodge (“Operação Red Sparrow”, da série de TV “Penny Dreadful”), Josh Pais (do inédito “Brooklyn Sem Pai Nem Mãe”, “Despedida em Grande Estilo”) e Leigh Gill (da série da HBO “Game of Thrones”).
O indicado ao Oscar Phillips (“Borat - O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América”, trilogia “Se Beber, Não Case!”) dirige o filme a partir de um roteiro que ele coescreveu com o roteirista indicado ao Oscar Scott Silver (“O Vencedor”), com base nos personagens da DC. O filme foi produzido por Phillips e o indicado ao Oscar Bradley Cooper (“Nasce uma Estrela”, “Sniper Americano”), através da produtora Joint Effort; e a indicada ao Oscar Emma Tillinger Koskoff (“O Lobo de Wall Street”).   Os produtores executivos foram Michael E. Uslan, Walter Hamada, Aaron L. Gilbert, Joseph Garner, Richard Baratta e Bruce Berman.
Nos bastidores, Phillips contou com o diretor de fotografia Lawrence Sher (“Godzilla II: Rei dos Monstros”, trilogia “Se Beber, Não Case!”), o desenhista de produção Mark Friedberg (“Se a Rua Beale Falasse”, “Selma - Uma Luta pela Igualdade”), o editor Jeff Groth (“Cães De Guerra”, “Se Beber, Não Case! Parte III”) e o figurinista vencedor do Oscar Mark Bridges (“Trama Fantasma”, “O Artista”). A música foi composta por Hildur Guðnadóttir (da série da HBO “Chernobyl”, “Sicario: Dia do Soldado”).
A Warner Bros. Pictures apresenta, em associação com a Village Roadshow Pictures e a BRON Creative, Coringa, uma produção da Joint Effort, um filme de Todd Phillips. O filme estreia nos cinemas brasileiros em 3 de outubro de 2019 e será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures.





SINOPSE: Coringa gira em torno do icônico vilão e é uma história original e separada da cronologia, nunca vista na tela grande. É a jornada de Arthur Fleck (Joaquin Phoenix), um homem marginalizado pela sociedade. Não apenas ganhará um estudo sombrio de personagem, mas também um alerta mais amplo.
ORIGINAL: Joker (2019)
PAÍS: EUA,Canadá
TAGS: drama, 
FALA: " As pessoas só gritam e berram umas com as outras. Ninguém nunca é educado. Não sabem como é estar no lugar do outro cara. Pensam que homens como wayne sabem como é ser como eu."
DIRETOR: Todd Phillips
ROTEIRISTA: Todd Phillips, Scott Silver
TRILHA: Hildur Guðnadóttir

======================================================
Adoráveis Mulheres




Adoráveis Mulheres | Trailer Legendado | 09 de janeiro nos cinemas

Quatro jovens mulheres determinadas a viver a vida em seus próprios termos!



SINOPSE: As irmãs Jo (Saoirse Ronan), Beth (Eliza Scanlen), Meg (Emma Watson) e Amy (Florence Pugh) amadurecem na virada da adolescência para a vida adulta enquanto os Estados Unidos atravessam a Guerra Civil. Com personalidades completamente diferentes, elas enfrentam os desafios de crescer unidas pelo amor que nutrem umas pelas outras.
ORIGINAL: Little Women (2020)
PAÍS: EUA
TAGS:
adaptação, drama, livro, romance, 
DIRETOR: Greta Gerwig
ROTEIRISTA: Greta Gerwig

======================================================
História de um Casamento


História de um Casamento | Trailer oficial | Netflix
História de um Casamento é um retrato profundo e sensível de um casal que tenta manter a família unida mesmo depois da separação. Do diretor indicado ao Oscar Noah Baumbach, com Scarlett Johansson, Adam Driver, Laura Dern, Alan Alda e Ray Liotta.




SINOPSE: Nicole (Scarlett Johansson) e seu marido Charlie (Adam Driver) estão passando por muitos problemas e decidem se divorciar. Temendo que o pequeno filho sofra as consequências da separação, o casal decide continuar vivendo sob o mesmo teto, tentando fazer com que este seja um divórcio amigável. Porém, a convivência forçada entre os dois acaba criando feridas que talvez nem o tempo seja capaz de curar.
ORIGINAL: Marriage Story (2019)
PAÍS: EUA,Inglaterra
TAGS: comédia, drama, romance, 
DIRETOR: Noah Baumbach
ROTEIRISTA: Noah Baumbach
TRILHA: Randy Newman

======================================================

1917

1917 – Trailer Oficial (Universal Pictures) HD

Gênero: Drama de época
Elenco: George MacKay, Dean-Charles Chapman, Mark Strong, Andrew Scott, Richard Madden, Claire Duburcq, with Colin Firth and Benedict Cumberbatch
Diretor: Sam Mendes
Roteiro: Sam Mendes, Krysty Wilson-Cairns
Produtores: Sam Mendes, Pippa Harris, Jayne-Ann Tenggren, Callum McDougall, Brian Oliver
O diretor vencedor do Oscar®, Sam Mendes (Beleza Americana, 007: Operação Skyfall, 007 Contra Spectre), traz sua visão singular ao épico da Primeira Guerra Mundial, 1917.
Em um dos momentos críticos da Primeira Guerra Mundial, dois soldados britânicos Schofield (George MacKay, de Capitão Fantástico) e Blake (Dean-Charles Chapman, de Game of Thrones) recebem uma missão aparentemente impossível. Em uma corrida contra o tempo, os soldados devem cruzar território inimigo e entregar uma mensagem que cessará o ataque brutal de milhares - entre eles, o irmão de Blake.
1917 é dirigido por Sam Mendes, que escreveu o roteiro com Krysty Wilson-Cairns (Penny Dreadful). O filme é produzido por Mendes e Pippa Harris (co-produtora de Foi Apenas Um Sonho; produtora executiva de Distantes Nós Vamos) pela Neal Street Productions, Jayne-Ann Tenggren (co-produtora de The Rhythm Section; produtora associada de 007 Contra Spectre), Callum McDougall (produtor executivo de O Retorno de Mary Poppins e 007: Operação Skyfall) e Brian Oliver (Cisne Negro e Feito na América).



Site Oficial: https://www.universalpics.com.br/micro/1917
IMDB: https://www.imdb.com/title/tt8579674
Omelete: https://www.omelete.com.br/filmes/1917-grandiosidade-da-primeira-guerra-e-foco-em-trailer-confira
Cinedica: http://www.cinedica.com.br/Filme-1917-85180264.php



SINOPSE: Ao criar uma experiência cinematográfica imersiva, o filme apresenta o drama de uma corrida contra o tempo. Os soldados deverão cruzar o território inimigo e entregar uma mensagem que cessará o ataque brutal a milhares.
ORIGINAL: 1917 (2019)
PAÍS: Inglaterra,EUA
TAGS:
drama, guerra,
DIRETOR: Sam Mendes
ROTEIRISTA: Sam Mendes, , Krysty Wilson-Cairns
TRILHA: Thomas Newman



======================================================
Era uma Vez em Hollywood

Era Uma Vez Em... Hollywood | Trailer 2 Legendado




SINOPSE: Los Angeles, 1969. Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) é um ator de TV que, juntamente com seu dublê, está decidido a fazer o nome em Hollywood. Para tanto, ele conhece muitas pessoas influentes na indústria cinematográfica, o que os acaba levando aos assassinatos realizados por Charles Manson na época, entre eles o da atriz Sharon Tate (Margot Robbie), que na época estava grávida do diretor Roman Polanski (Rafal Zawierucha).
ORIGINAL: Once Upon A Time In... Hollywood (2019)
PAÍS: EUA
TAGS: ação, comédia, drama, hollywood, 
DIRETOR: Quentin Tarantino
ROTEIRISTA: Quentin Tarantino



======================================================
Parasita


Parasita | Trailer Legendado






SINOPSE: Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos
ORIGINAL: Parasite (2019)
PAÍS: Coréia do Sul
TAGS: comédia, drama, suspense, thriller, 
DIRETOR: Joon-ho Bong
ROTEIRISTA: Joon-ho Bong, Han Jin Won
TRILHA: Jaeil Jung

======================================================



======================================================
Estão concorrendo ao Óscar duas obras feitas por brasileiros que já tem post sobre eles no blog, não deixe de ver:


Dois Papas, o Especial de Natal do Porta dos Fundos, futebol, política, religião e guerra híbrida.



domingo, 12 de janeiro de 2020

Legião Urbana - Minhas 20 músicas Favoritas do... "Especial Bom Gosto Musical"

"Especial Bom Gosto Musical"
Minhas 20 músicas Favoritas da... 
Legião Urbana


Love in the afternoon

Perfeição

Índios

Mais Uma Vez

Monte Castelo

Pais e filhos

Tempo perdido

Há tempos


Geração Coca-cola

Canção do senhor das guerras


Soldados


O Teatro dos Vampiros


O Mundo Anda Tão Complicado


Vamos fazer um filme


Vento no Litoral


Eu era um lobisomem adolescente


Eduardo e Mônica


Faroeste Caboclo


O Livro Dos Dias


Metal Contra as Nuvens


=================================================================
Depois do Especial de Natal quando coloquei uma música de cada um dos personagens que já coloquei no "Especial Bom gosto musical", me chamaram atenção sobre como eu posso me considerar rockeiro com essa seleção.
levei um torra assim: Você nem parece Rockeiro. Só pôs MPBista. Eu até tentei argumentar que não era bem assim que tinha esse, esse outro... Mas realmente está meio desequilibrado: De 22, tem 7 rockeiros.
Para equilibrar as coisas, os 4 próximos serão roqueiros.

Os três primeiros já escolhi, e você provavelmente já sabe também:
Igual ao Renato, os outros dois são ícones do Rock Nacional que também já morreram e viraram filmes... Já sabe, né?
O quarto estou escolhendo ainda. Para permanecer no espírito do Especial quero escolher uma banda desse século.
Para ser uma que virá depois desses três ícones será uma responsabilidade e tanto. Mas tentar escolher uma que agrade a todos.

A morte desses dois próximos rockeiros já era esperada pelos fãs.

Já a morte do Renato Russo foi uma surpresa geral. Seus amigos e familiares esconderam bem sua doença até o dia da sua morte, numa época em que a internet ainda estava em seus primórdios e era mais fácil guardar segredos. Apesar de agora olhando a trajetória podemos reconstruir bem o acontecido captando os sinais. Ainda não existia nem Orkut ainda, os internautas faziam suas discussões via listas de e-mails. A Unicamp tinha o maior serviço de lista de discussões por e-mails do Brasil. E entre as listas uma das maiores era Legião Urbana.
Ao ser lançado o disco/CD "A tempestade", intelectuais da lista informaram que "A tempestade" é o nome da pintura mais famosa de Giorgione Barbarelli

e também foi a última peça escrita por Willian Shakespeare.


Esse fato foi a pólvora para a discussão entre os fãs sobre o fim da Legião Urbana, já que o Renato já tinha lançado dois discos solos, um em inglês outro em espanhol e imaginaram que o líder da banda iria abandonar seus companheiros e partir para carreira solo.
Sobre ele estar prestes a morrer, ninguém levantou suspeita. Ele descobriu a doença por volta de 1989, depois do disco Quatro Estações. O disco V que demorou para ser lançado já aparece traços tristes e depressivos que não existiam nos 4 primeiros.
Entre o 5º disco e o 7º Descobrimento do Brasil, teve o ao vivo chamado música para acampamentos, que era uma coletânea de participações da Legião em shows e programas de televisão, para preencher o vazio que a parada de produção devido baque que a descoberta da doença causou no Renato.
Depois de algum tempo ele voltou triunfantemente com o clipe de Perfeição



 onde ele aparece deitado em um campo de flores, pedido que ele fez à família: Quando morrer, joguem minhas cinzas num bonito jardim de flores. O pedido foi atendido, fizeram isso no Parque Burle Marx.

No último CD do Legião Urbana ainda com Renato Russo vivo, A Tempestade, aquela tristeza e depressão que só foi aparecer no V, ficou muito escancarado. Só não ficou mórbido porque acharam melhor retirar Clarisse deixando para o disco pós-morte "Uma outra Estação".
Nessa coletânea, ao escolher 20, tirei essas mais depressivas. O momento hoje pede otimismo.

Eu que perdi as duas últimas oportunidades de vê-lo tocando ao-vivo, senti muito e foi espanto monstruoso.
Os excessos do Rock e da fama nos tomou precocemente uma das nossas mais brilhantes mentes.
=============================================
Site Oficial:
http://www.legiaourbana.com.br/
http://renatorusso.com.br/
WikiPédia:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Legi%C3%A3o_Urbana
https://pt.wikipedia.org/wiki/Renato_Russo
Facebook:
https://www.facebook.com/LegiaoUrbanaI/
https://www.facebook.com/PortalRenatoRusso/

Instagram:
https://www.instagram.com/legiaourbanaoficial/
https://www.instagram.com/renatorussooficial

YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UC5K6XcVwZuLfYRGZaeBqSeQ
https://www.youtube.com/user/RRSinfonico

Twitter:
https://twitter.com/legiao_urbana
https://twitter.com/renato_russo

Spotify:
https://open.spotify.com/artist/6tw6EpC9RgmSRZiZg0n22t
https://open.spotify.com/artist/3QLc39WR4dQAN1SgierGgE

Deezer:
https://www.deezer.com/en/artist/15810
https://www.deezer.com/en/artist/380410

ITunes:
https://music.apple.com/br/artist/legi%C3%A3o-urbana/261395084
https://music.apple.com/br/artist/renato-russo/31530843

Vagalume:
https://www.vagalume.com.br/legiao-urbana/
https://www.vagalume.com.br/renato-russo/
Letras.Mus:
https://www.letras.mus.br/legiao-urbana/
https://www.letras.mus.br/renato-russo/

Cifra Club:
https://www.cifraclub.com.br/legiao-urbana/
https://www.cifraclub.com.br/renato-russo/

Ouvir Musica:
https://www.ouvirmusica.com.br//legiao-urbana/
https://www.ouvirmusica.com.br//renato-russo/

Palco MP3:
https://www.palcomp3.com.br/palco-fm/legiao-urbana/

kboing:
https://www.kboing.com.br/legiao-urbana/
https://www.kboing.com.br/renato-russo/

Last.fm:
https://www.last.fm/pt/music/Legi%C3%A3o+Urbana
https://www.last.fm/pt/music/Renato+Russo


Discografia no Instituto Memória Musical Brasileira :
https://immub.org/artista/legiao-urbana
https://immub.org/artista/renato-russo

Dicionário MPB:
http://dicionariompb.com.br/legiao-urbana
http://dicionariompb.com.br/renato-russo

E-Biografia:
https://www.ebiografia.com/renato_russo/

Enciclopédia Itau Cultural :
  http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa531147/renato-russo

discogs:
https://www.discogs.com/artist/264082-Legi%C3%A3o-Urbana

=============================================

Somos Tão Jovens Filme Completo



RENATO RUSSO - Entrevistas MTV (Completo com Legenda)


Renato Russo - Entrevistas MTV - Zeca Camargo


Legião Urbana - "Programa Jô Soares 11:30" (Completo 1989)


Entrevista com Renato Russo - Programa Shock - Tv Manchete -1988



Legião Urbana ao vivo no Circo Voador, no programa 'Perdidos na Noite', em 1986



Renato Russo - Por Toda Minha Vida (completo)
Renato Russo, Por Toda Minha Vida. Progrma exibido pela Globo em (14/09/2007) e reprisado (30/08/2016)



Renato Russo no "Memória Nacional" | Vídeo Show
Exibição em 26/07/2018, apresentação Miguel Falabella


Legião Urbana - Programa Livre 1994



Legião Urbana - Programa Livre 1996


1991 Legião Urbana | Radiola FM com Dado Villa-Lobos e Renato Russo


Legião Urbana - "Dois" (entrevista)


Legião Urbana - Acústico (cenas excluídas)


Legião Urbana - (áudio) Entrevista "Uma outra estação"


Entrevista rara com Cantor Renato Russo lider da Legião Urbana


Entrevista Renato Russo


Entrevista Legião Urbana MTV


Documentário Multishow 05 anos sem Renato Russo 2000



MTV Ao Vivo Show Completo Tributo à Legião Urbana HD Wagner Moura


Legião Urbana - João Rock 2019 (Show Completo)


Pedro Bial Entevista Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá que homenageia Renato Russo



Especial: Renato Russo, 20 anos depois, e o legado do Rock de Brasília no #ProgramaDiferente



===================================
(Texto no http://dicionariompb.com.br/)
Em 1978, criou o grupo de punk rock "Aborto Elétrico". Em 1982, abandonou o grupo e criou a "Legião Urbana". Em 1983, teve sua primeira composição gravada, "Química", pelo grupo Paralamas do Sucesso. Seu novo grupo começou a se destacar em 1984 com o lançamento do disco "Legião Urbana", do qual foram grandes sucessos as músicas "Será", parceria com Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos, e "Geração Coca Cola". Em 1986, foi lançado o segundo LP da Legião Urbana, que o consagrou definitivamente como compositor. Destacaram-se nesse segundo disco músicas como "Eduardo e Mônica", "Tempo perdido" e "Índios". Em 1987, novos sucessos e polêmicas com "Que país é este?" e "Faroeste caboclo", que chegou a ter a execussão proibida nas rádios. Em 1989, obteve sucesso com "Pais e filhos" e "Meninos e meninas",  parcerias com Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá. Em 1994, lançou o primeiro disco solo, "The Stonewal celebration concert", uma homenagem aos 25 anos do ativismo gay norte-americano e que destinou 50% de suas vendagens para projetos da Ação da Cidadania contra a Miséria e a Fome.  O disco, que trazia clássicos do cancioneiro americano com interpretações suas ao violão, vendeu cerca de 250 mil cópias. Em 1995, lançou seu segundo disco solo "Equilíbio distante", com músicas em italiano e que em dois anos vendeu cerca de um milhão de cópias. Os destaques do disco foram "La solitudine", de Cavlli, Cremonesi e Valsiglio, e "Strani amori", de Buti, Cheope, Marati e Valsiglio. Em 1997, foi lançado potumamente o CD "O último solo", com músicas que sobraram dos dois discos anteriores. Aparece ainda uma faixa interativa com o clipe de "Strani amore" e trechos de uma entrevista do artista. O cantor e compositor faleceu de broncopneumonia, sepicemia e infecção urinária decorrente da Aids, após seis anos como portador do HIV. Tornou-se um mito após a morte, recebendo uma série de homenagens em discos, livros e shows. Em 2000, a EMII Brasil lançou o CD duplo  "Bis", uma coletânea de seus trabalhos solo trazendo como novidades a regravação de "A carta", de Erasmo Carlos, gravada no disco "Homem da rua", de 1992, e "A cruz e a espada", de Paulo Ricardo, do disco Rock popular brasileiro. No mesmo ano foi lançado pela Relume Dumará o livro "Renato Russo - O trovador solitário", biografia do artista escrita pelo jornalista Arthur Dapieve, que segundo o autor "esquadrilha as mil faces de Renato Russo", considerado por ele como "a figura mais carismática, turbulenta e contraditória do Brock".  No mesmo ano, foi exibido pelo canal Multishow, dentro da série "por trás da fama", um especial sobre sua vida e obra. Em 2002, foi lançado pela Editora Hama o estudo "depois do fim - Vida, Amor e Morte nas canções da Legião Urbana", escrito em dupla pela professora Angélica Castilho e pela jornalista Erica Shlude, e que analisa a obra do letrita defendendo a idéia de que suas letras apresentavam uma visão neo-romântica da realidade.
Em 2003, foi lançado o CD "Renato Russo presente" que levou o cantor morto em 1996 de volta às paradas de sucesso com a música "Mais uma vez", de sua autoria e Flávio Venturini, gravada anteriormente pelo grupo 14 Bis e até então inédita na sua voz. Estão presentes ainda relançamentos de gravações do cantor como "A carta", de Raul Sampaio e Benil Santos, gravada em dueto com Erasmo Carlos; "Gente humilde", de Vinícius de Moraes, Garoto e Chico Buarque, com acompanhamento de Hélio Belmiro; "Hoje", com Leila Pinheiro e "Boomerang", entre outras. No mesmo ano, foi lançado o livro "A nossa geração perdida", de Escobar Maia, com reflexões a partir da obra do compositor. Em 2006, po ocasião dos dez anos de sua morte foi homenageado com o especial "Uma celebração", lançado em CD e DVD pela EMI, espetáculo gravado na Fundição Progresso no Rio de Janeiro com a presença de quatro mil pessoas e apresentado pelo canal Multishow. Tomaram parte no evento uma banda liderada por Fred Nascimento e que acompanhou os cantores Chorão na música "Canção do senhor da guerra", Fernanda Takai em "Eu sei" e "Toni Platão, em "Faroeste caboclo", além das bandas Titãs que interpretou "Fábrica" e "Que país é este?", Biquine Cavadão com "Eduardo e Mônica", Autoramas com "Tédio com um T bem grande pra você", e Capital Inicial com "Tempo perdido". Foram apresentadas ainda duas composições inéditas: "O grande inverno da Rússia", com Ico Ouro Preto, e "Fábrica 2" cantadas pela banda Titãs. Em 2006, foi homenageado com a peça "Renato Russo", um musical sobre a sua vida estrelado pelo ator Bruce Gomlevsky. A peça estreou com grande sucesso em Angra dos Reis durante o Festival de Teatro daquela cidade sendo assistida por mais de duas mil pessoas. Em seguida, foi apresentada no Centro Cultural dos Correios no Rio de Janeiro. Em 2007, a peça foi apresentada em Brasília. No mesmo período, foi lançado o DVD "Entrevistas MTV - Renato Russo", projeto idealizado pelo jornalista Marcelo Fróes que compilou material de entrevistas realizadas pelo cantor em 1993 e 1994 e que resultaram num total de 124 minutos com direção artística de João Augusto nos quais o líder da Legiaõ Urbana fala sobre sua carreira e detalhes de sua vida. Ainda em 2007, foi homenageado pela TV Globo com um especial sobre sua vida e obra na série "Por toda minha vida". Também em função dos 11 anos de sua morte foram revelados mais quatro projetos cinematográficos sobre susavida ou aspectos de sua obra. Antônio Carlos Fontoura vai filmar "Religião urbana" sobre a vida do cantor entree os 16 e 22 anos, o paulista Renê Sampaio resolveu filmar os personagens da música "Faroeste caboclo" e a atriz Denise Bandeira resolveu adaptar a letra de "Eduardo e Mônica". Há ainda a idéia de trransformar em filme a peça "Renato Russo" que até abril de 2007, levou mais de 40 mil pessoas ao teatro numa verdadeira celebração ao ídolo. Em 2009, teve lançada pela editora Agir sua biografia, "O filho da revolução", autoria do jornalista Carlos Macedo, que para escrevê-la fez cerca de cem entrevistas, além de acrescentar letras inéditas e documentos inéditos que ajudam a traçar um painel da turma da colina que gerou o rock da década de 1980, na cidade de Brasília. Em 2011, começou a ser filmado em Brasília pelo diretor Antonio carlos Fontoura o longa metragem "Somos tão jovens" tendo como protagonista o ator Thiago Mendonça revivendo o cantor e compositor desde o início de sua carreira em fins dos anos 1970, assim como toda a cena do rock brasiliense daquele período e que daria origem às bandas Legião Urbana e Plebe Rude. Também em 2011, estreou nas telas brasileiras o filme "Rock Brasília", de Wladimir de Carvalho, no qual sua vida e imagens são muito enfocadas. Em 2013, estreou o longa metragem "Somos tão jovens", dirigido por Antônio Carlos da Fontoura, registrando a juventude do compositor, vivido no filme pelo ator Thiago Mendonça. No mesmo ano, estreou especialmente na cidade de Brasília o longa metragem "Faroeste caboclo", dirigido por Renê Sampaio que levou oito anos para terminar o roteiro, inspirado na música homônima, composta quando o líder da Legião Urbana tinha apenas 18 anos, em 1979. No mesmo ano, foi homenageado em Brasília, no show "Renato Russo sinfônico", idealizado por seu filho Giuliano Manfredini, e que reuniu cerca de 45 mil pessoas no estádio Mané Garrincha, com suas músicas sendo interpretadas por 14 convidados  acompanhados pela Orquuestra Sinfônica de Brasília. Em 2014, seu filho Giuliano Manfredino fretou um avião para trazer de Brasília para o Rio de Janeiro 400 quilos de material inédito do acervo do pai incluindo poemas, canções, fanzines, desenhos, roupas e objetos pessoais. O material foi catalogado e em seguida uma exposição itinerante ficou de percorrer o país contando a história do líder da Legião Urbana. Em 2015, foi lançado o livro "Só por hoje e Para Sempre", pela Companhia das Letras, um diário feito pelo cantor durante o período de 29 dias em que esteve internado em uma clínica de dependentes químicos no Rio de Janeiro. Segundo seu filho e herdeiro Giuliano Manfredini, "O livro é o diário escrito pelo meu pai, durante o período que ficou internado." Em 2016, por ocasião dos 20 anos de sua morte recebeu diferentes homenagens. Foi lançado o livro "The 42nd St. Band", livro sobre uma banda imaginária escrito por ele aos 15 anos de idade e somente agora lançado. Foi também remontado pelo ator Bruce Gomlevsky o espetáculo "Renato Russo - O musical" que estreou por ocasião dos anos de morte do músico e teve mais de 200 mil espectadores. Foi também lançado o álbum tributo "Viva Renato russo 20 anos" com bandas da nova geração do rock brasileiro interpretando músicas do artista. Finalmente, foi lançada pela Universal Music uma caixa com os cinco álbuns solo lançados pelo cantor.  Em 2017, foi feita pelo ator e cantor Bruce Gomlevsky, a 467º apresentação do musical "Renato Russo", escrita por Daniela Pereira de Carvalho e dirigida por Mauro Mendonça Filho, com acompanhamento musical da banda Arte Profana. O tributo ao fundador da banda Legião Urbana ocorreu nos Arcos da Lapa, tradicional região da boemia carioca, e foi franqueada ao público que ouviu sucessos como "Pai e filhos", "Eduardo e Mônica", "Que país é este?" e "Tempo perdido". No mesmo ano, foi lançado o "Livro das listas", com um apanhado de anotações sobre suas preferências culturais e sentimentais. Foi também inaugurada no Museu da Imagem e do Som de São Paulo a exposição "Renato Russo", a maior da história do MIS com cerca de mil dos três mil itens que o artista guardava em seu apartamento. Segundo reportagem do jornal O Globo: ""Renato Russo", que ocupa dois andares do MIS, foi dividida em várias salas, como a Manfredini Junior (com registros da infância e adolescência), Renato Russo (manuscritos, roupas, instrumentos e outros itens da vida do músico), ídolo nacional (com a memorabilia dos tempos de Legião Urbana e carreira solo), Artista imaginário (que trata da banda de ficção que ele criou na adolescência, a 42nd Street Band, e dos filmes que pensava fazer) e Infinito de Influências (discos, livros, filmes, revistas que o moldaram)".  Em 2018, foram concluídas as filmagens do longa metragem "Eduardo e Mônica", com direção de René Sampaio e com os atores Fabrício Boliveira e Isis Valverde nos papéis principais inspirados na música homônima lançada pela Legião Urbana em 1986.

=================================


Minhas 20 músicas preferidas - Bom gosto musical - Introdução - Índice

Vou abrir mais uma série de Posts - O Tudo é um assunto só ainda vai continuar - Vou só começar outra. 
Essa série eu já imaginava colocar no Blog a algum tempo, desde que recebi essa piada:

===================== Início da piada =======================


A EVOLUÇÃO DA MÚSICA ROMÂNTICA BRASILEIRA
/2010

Veja como a música romântica brasileira evoluiu em sessenta anos.

Década de 30:
Ele, de terno cinza e chapéu panamá, em frente à vila onde ela mora, canta:
"Tu és, divina e graciosa, estátua majestosa!
Do amor por Deus esculturada.
És formada com o ardor da alma da mais linda flor, de mais ativo olor,
que na vida é a preferida pelo beija-flor...."
 
Década de 40:
Ele ajeita seu relógio Pateck Philip na algibeira, escreve para a Rádio Nacional e
manda oferecer a ela uma linda música:
"A deusa da minha rua, tem os olhos onde a lua, costuma se embriagar.
Nos seus olhos eu suponho, que o sol num dourado sonho, vai claridade buscar"
 
Década de 50:
Ele pede ao cantor da boate que ofereça a ela a interpretação de uma bela bossa:
"Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça.
É ela a menina que vem e que passa,
no doce balanço a caminho do mar.
Moça do corpo dourado, do sol de Ipanema.
O teu balançado é mais que um poema.
É a coisa mais linda que eu já vi passar."

 
Década de 60:
Ele aparece na casa dela com um compacto simples embaixo do braço, ajeita a calça Lee e coloca na vitrola uma música papo firme:
"Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito não é maior que o meu amor, nem mais bonito...”
 
Década de 70:
Ele chega em seu fusca, com tala larga, sacode o cabelão, abre a porta prá mina entrar e bota uma melô jóia no toca-fitas:
"Foi assim... como ver o mar... a primeira vez que os meus olhos se viram no teu olhar... Quando eu mergulhei no azul do mar, sabia que era amor e vinha pra ficar..."
 
Década de 80:
Ele telefona pra ela e deixa rolar um:
"Fonte de mel, nos olhos de gueixa, Kabuki, máscara.
Choque entre o azul e o cacho de acácias, luz das acácias, você é mãe do sol. Linda linda sabe viver você me faz feliz...."

Década de 90:
“Agora vem pra perto vem vem depressa vem sem fim dentro de mim que eu quero sentir o teu corpo pesando sobre o meu vem meu amor vem pra mim, me abraça devagar, me beija e me faz esquecer. “
 
Ainda na Década de 90:
Ele liga pra ela e a convida para um rala rala
e curtir:
Bota a mão no joelho E dá uma abaixadinha Vai mexendo gostoso, Balançando a bundinha
Agora mexe vai, Mexe, mexe mainha Agora mexe, Mexe, mexe lourinha Agora mexe, Mexe, mexe neguinha Agora mexe Balançando a poupancinha Mexe, mexe, pro lado Mede, mexe, pro outro Vai mexendo embaixo Vai mexendo gostoso "Ah, que beleza, que maravilha, isso eh magnífico, mãe!"
 
Em 2001:
Ele captura na internet um batidão legal e manda pra ela, por e-mail:
"Tchutchuca! Vem aqui com o teu Tigrão.
Vou te jogar na cama e te dar muita pressão!
Vem...
“Vem Tchutchuca! Linda, senta aqui com seu pretinho vou te pegar no colo e ti fazer muito carinho...
 
Em 2002:
Ele pára o chevetinho 81, rebaixado, e no mais alto volume solta o som:
Abre as pernas, faz beicinho, vou morder o seu grelinho....
Vai Serginho, vai Serginho....
Abre as pernas, faz beicinho, vou morder o seu grelinho....
Vai Serginho, vai Serginho...."
“Abre a boca num si ispanta, vô gozá na tua garganta...."
 
Em 2003:
Ele oferece uma música no baile:
"Vou mandando um beijinho Prá filinha e prá vovó Só não posso esquecer Da minha Eguinha Pocotó Pocotó, pocotó, pocotó, pocotó Minha eguinha Pocotó! Pocotó, pocotó, pocotó, pocotó Minha eguinha POCOTÓ...."
 
Em 2004:
Ele a chama p/ dançar no meio da pista:
“Ah! Que isso? Elas estão descontroladas! Ah! Que isso? Elas Estão descontroladas! Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão descontroladas! Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão descontroladas!...”
 
Em 2005:
Ele resolve mandar um convite para ela, através da rádio:
“Hoje é festa lá no meu apê, pode aparecer, vai rolar bunda lelê!!! Hoje é festa lá no meu apê, tem birita até ao amanhecer”
 
Em 2006:
Ele a convida para curtir um baile ao som da música mais pedida e tocada no país:
“Tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha!!! Calma, calma foguetinha!!! Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim, Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim !!!”
 
Ainda em 2006:
Se você pensou que aquela poderia ser a ultima, mas já lançaram outra.
Vai da tapinha na bundinha Vai que eu sou sua cachorrinha Vai que eu to muito assanhada vamos da uma lapadinha só se for na rachadinha E toma gostosa lapada na rachada Você pede e eu te dou lapada na rachada e ai ta gostoso? Lapada na rachada Toma,Toma,Toma...

 
Será que ainda pode vir mais que isso?!!!

2010:
Agora é ela que envia para ele o link do You Tube da Gaiola das Popuzuda, com esse extraordinário som:
"A guerra já começou,
E isso me excita.
O Alvo é minha buceta,

O fuzil é tua pica"
===================== Fim da piada =========================


Bom, nunca achei que a virtude fosse por culpa da idade da música. 
Sempre imaginei o seguinte: A qualidade da música vai definir o tempo que ela sobreviverá... Músicas boas são cantadas por décadas... Músicas excelentes são eternas... Músicas ruins duram dois anos, ou dois meses ou os quatro dias de carnaval...

Na década de trinta tinha músicas ruins... Como não sobreviveu até hoje não as conhecemos...

Músicas ruins que conhecemos hoje só aquelas que ouvimos no curto período em que elas existiram(na boca do povo ou nas sintonias do rádios), por isso a impressão que as antigas são melhores...

E hoje é criada muita música de qualidade... É só não ter preguiça de procurar...

Apesar de achar que antes tinha tanto lixo quanto hoje, o lixo só não sobreviveu, não quero mostrar isso... Quero só mostrar que hoje tem tanta qualidade quanto antes... 

Por isso vou colocar artistas/grupos de antigamente alternados com grupos e artistas da atualidade, mostrando minhas 20 músicas preferidas de cada... e eventualmente com uma historinha de cada um, vídeos interessantes sobre ele, site oficial se tiver, alguma curiosidade...

Somente por questões ideológicas: Vou tratar aqui somente da música brasileira! Não tem nenhum outro motivo além da vontade de somente falar de música brasileira. Não é preconceito, não é pós-conceito. É apenas a decisão de conhecer primeiro a música brasileira para depois conhecer a música estrangeira... Como ainda não cheguei a conhecer nem 10% da música nacional... não sei se vai dar tempo para conhecer o restante... 

Vou atualizar esse tópico com os posts que já criei...
===============================================

  1. Especial "Bom gosto musical"