Magazine Luiza

Bem Vindo ao Blog!

Pesquise no Google:


http://sites.google.com/site/jogosdinheirointernet/magazineemocione
Anuncie aqui - Planos a partir de R$200,00 por mês.

1 ano : R$2.400,00 (R$200,00 mensais)
6 meses : R$1.350,00 (R$225,00 mensais)
3 meses : R$750,00 (R$250,00 mensais)
2 meses : R$550,00 (R$275,00 mensais)
1 mês : R$300,00

sábado, 7 de novembro de 2020

Trump perde. Biden ganha. Eleições nos Estados Unidos é uma bagunça.


 

Acompanhando as eleições nos EUA:







Encaminhei hoje um telegrama para o 46º presidente eleito dos EUA, Joe Biden. Confira: 7 de novembro de 2020 ...

Publicado por Ciro Gomes em Sábado, 7 de novembro de 2020

 

TL: CIRO GOMES
Encaminhei hoje um telegrama para o 46º presidente eleito dos EUA, Joe Biden. Confira:
7 de novembro de 2020
Presidente eleito Joseph R. Biden
Caro Presidente eleito Biden,
​Escrevo do Brasil para parabenizá-lo por sua eleição e para manifestar a esperança de que sua Presidência venha a marcar virada para melhor nas relações entre os Estados Unidos e o Brasil.
​Dediquei minha vida à ação pública e a lutar para que meu país siga rumo de desenvolvimento que sirva aos interesses e às aspirações do povo brasileiro. Agora trato de organizar, com o apoio de meu partido (o Partido Democrático Trabalhista) e do que espero ser uma aliança de partidos progressistas, minha candidatura à Presidência do Brasil. Sua eleição deu a muitos de nós no Brasil e em toda a América Latina a esperança de poder trabalhar com seu governo e com americanos de todos os quadrantes da vida nacional, dentro e fora dos cargos públicos, para empoderar os homens e as mulheres comuns.
​Os Estados Unidos e o Brasil são as duas maiores democracias do hemisfério ocidental e duas das três maiores democracias do mundo. Governos recentes em ambos nossos países rebaixaram nossa relação ao nível de negociações comerciais de curto prazo e de expressões de afinidade ideológica entre líderes direitistas lá e cá.
​Vemos espaço vasto para colaboração entre os Estados Unidos e o Brasil: para mobilizar tecnologias e práticas de produção avançadas por formas que tornem a maioria trabalhadora e as pequenas empresas nos nossos países mais produtivas e prósperas; para compartilhar experiências na melhora da educação nos nossos países extensos, desiguais e federativos; para dar consequência prática ao ideal do desenvolvimento sustentável (o Brasil conserva na Amazônia e em outras partes de seu território o maior tesouro de biodiversidade e água doce do planeta); para reerguer ordem internacional baseada em regras que não mais se cinja a acertos estabelecidos no rescaldo de uma guerra mundial concluída há setenta e cinco anos; para afastar risco de outro conflito global ainda mais terrível; e, sim, para comerciar de maneira livre e equitativa sob termos que beneficiem a maioria de americanos e de brasileiros. Para este fim, queremos ver não apenas nossos governos nacionais mas também nossos cidadãos, nossas empresas e nossas universidades se darem as mãos.
​Não temos inimigos no mundo. Estamos determinados a trabalhar com outros países grandes -- inclusive aqueles que nos acompanham na organização BRICSA: a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul, bem como nossos vizinhos sul-americanos e os Estados Unidos, para resolver problemas globais por meio de iniciativas conjuntas de nações soberanas.
​Ao parabenizá-lo por sua eleição, reitero minha fé no potencial do que podem nossos países fazer juntos.
​​​​Com as saudações e o respeito de
Ciro Gomes
———————-
November 7, 2020
President-elect Joseph R. Biden
Dear President-elect Biden,
​I write from Brazil to congratulate you on your election and to express my hope that your Presidency will mark a turning point for the better in the relations between the United States and Brazil.
​Having spent my whole adult life in public service and in a struggle to place my country on a development path that serves the interests and aspirations of the Brazilian people, I am in the process of organizing, on behalf of my party (the Democratic Labor Party) and of what I expect to be an alliance of progressive parties, my candidacy for the Presidency of Brazil. Your election has given many of us in Brazil and throughout Latin America hope that we can work with your administration and with Americans of all walks of life, within and outside government, to empower ordinary men and women.
​The United States and Brazil are the two largest democracies in the Western Hemisphere and two of the three largest democracies in the world. Recent administrations in both of our countries have brought our relationship down to the level of short-term trade negotiations and empty expressions of ideological affinity between right-wing leaders there and here.
​We see a vast space for collaboration between the United States and Brazil: to use the most advanced technologies and economic practices in ways that make the working class majorities and small businesses of our countries more productive and prosperous; to share experiences in the improvement of education in our large, unequal, and federal countries; to give practical effect to the ideal of sustainable development (Brazil holds in the Amazon and elsewhere the greatest treasure of biodiversity and fresh water on the planet); to rebuild a rules-based international order no longer limited by arrangements established in the aftermath of a world war that ended seventy-five years ago; to avert the risk of another, yet more terrible global conflict; and yes, to trade freely and fairly under terms that benefit the majority of Americans and Brazilians. To that end we want to see not just our national governments but also many of our people, businesses, and universities join hands.
​We have no enemies in the world. We are determined to work with other major countries -- including the ones who join us in the BRICSA organization: Russia, India, China, and South Africa, as well our South American neighbors and the United States, to solve global problems through initiatives taken jointly by sovereign nations.
​In congratulating you on your election, I reiterate my faith in the promise of what our two countries can do together.
​​​with greetings and respect,
​​​Ciro Gomes

https://portaldisparada.com.br/politica-e-poder/castanon-como-joe-biden-venceu/

COMO BIDEN VENCEU?
Todo fenômeno social é multicausado. São inumeráveis fatores que concorrem para uma vitória eleitoral. Na presente vitória de Biden nos EUA, fatores como o ativismo pelo voto negro na Geórgia, a mudança demográfica no Arizona e o fato de Biden ser natural da Philadelphia, provavelmente são elementos significativos de sua vitória.
Certamente não se tratou de uma vitória de “frente ampla”, como alguns atores políticos brasileiros reivindicaram. Na verdade, essa alegação não faz qualquer sentido. Os EUA são bipartidários e essa foi a mais polarizada eleição de todos os tempos.
Outro foi o fator predominante na vitória de Biden.
Não, não foi a pandemia, embora ela tenha sido fundamental: sem ela Trump não teria se desgastado o suficiente para se tornar derrotável.
O principal fator, na minha visão, foi o abandono do discurso identitário pelo candidato a presidente democrata.
Biden foi escolhido pelo Partido Democrata por ser o candidato menos identificado com essa forma de fazer política.
Apesar de ter cedido aos setores identitários do Partido Democrata com sua candidata a vice (cujo discurso, considerado radical nos EUA, foi fartamente explorado por Trump), ele não foi para as eleições dizendo para votar nele porque ele era mulher, ou defendendo políticas afirmativas. Ele não ameaçou nem satanizou as maiorias.
Ele defendeu políticas universais para todos os americanos, e falou predominantemente de saúde e defesa da ciência, retomada da industrialização no “Blue Wall” e direitos de voto e expressão iguais para todos. Em unir de novo uma nação profundamente dividida.
Foram escolher um homem velho, branco, hetero, cis, do establishment, para derrotar o homem velho, branco, hetero, cis, do establishment (mas politicamente incorreto) Donald Trump.
Não foi fácil. Biden venceu como o presidente mais votado da história dos EUA, mas com o número de votos que terá, Trump será o segundo candidato a presidente mais votado da história dos EUA, nas eleições que estabeleceram o novo recorde absoluto de comparecimento. Sua força ainda é gigantesca.
O identitarismo nos EUA esse ano, estava do lado de Trump, que se recusou num debate nacional a condenar um grupo supremacista branco. Trump é o resultado da reação ao identitarismo de minorias: o identitarismo de maiorias.
Estando dez pontos atrás de Biden antes do início dos protestos deste ano, Trump recuperou parte do terreno com um discurso de “lei e ordem”, excitando o medo da maioria branca dos EUA.
Não se pode repetir o modelo no Brasil. O Brasil não é bipartidário nem tem as fronteiras raciais claras que os racialistas brasileiros querem impor.
Aqui a questão identitária, fora dos círculos evangélicos e da classe média das capitais, tem menos peso que lá.
Não estou dizendo absolutamente que precisamos buscar um homem branco e hetero para vencer.
Muito menos que precisamos abandonar bandeiras universais como o fim do racismo, do machismo e da discriminação sexual.
A maioria também não quer isso.
O que estou dizendo é que precisamos de um discurso para todos, como sempre foi a essência do progressismo. Contra o racismo, não contra os brancos. Contra o machismo, não contra os homens. Contra a discriminação, não contra a heteronormatividade.
Mas contra o machismo, o racismo e a discriminação porque somos a favor. A favor de direitos e oportunidades iguais para todos.
É isso o que precisamos, sempre, em primeiro plano: voltar a um discurso a favor de todos.
Um discurso universal.

sábado, 31 de outubro de 2020

Pitty - Minhas 20 músicas favoritas da Pitty - Especial Bom gosto musical

 Minhas 20 músicas favoritas da 

                    Pitty  

Especial Bom gosto musical



Todos Estão Mudos




Noite Inteira


Admirável chip novo


Deus Lhe Pague

O lobo

Teto de vidro

Guerreiros São Guerreiros

Máscara

Semana que vem

Déjà Vu

Água Contida

Roda

Sob o sol

Sol Quadrado

Dançando

Brinquedo torto

Fracasso

Me adora

Na sua estante

Epílogos

----------------------

Sites:

Discografia no Instituto Memória Musical Brasileira : https://immub.org/artista/pitty

----------------------

Vamos mais uma vez de música baiana. Me desculpe aqueles que não são chegados a música baiana.
E como prometido tenho que equiparar as vozes femininas para atender o pedido das políticas de cotas.
E faço isso com umas das mais feministas das cantoras...




Ela disse na sua primeira participação no Fastão que sente-se mais confortável cantando músicas que ela mesma escreveu. Então atendendo o desejo dela escolhi 19 das 20 músicas dela própria, só fazendo a exceção para o nosso Chico Buarque.




Pitty (1977) é uma cantora brasileira de rock, considerada uma das maiores do gênero no Brasil.

Priscilla Novaes Leone (1977) nasceu em Salvador, Bahia, no dia 7 de outubro de 1977, mas passou sua infância em Porto Seguro. Foi influenciada pela música do cantor e compositor Raul Seixas através de seu pai, que era dono de um bar. Outras influências musicais de Pitty foram importantes para a sua carreira musical: Elvis Presley, Nirvana, Lou Reed e Metallica.

Entre 1995 e 1997, Pitty fez parte da banda Shes tocando bateria, e da banda a Inkoma, de 1995 até 2001.

Pitty foi aluna de música da Universidade Federal da Bahia. Lá, fez contatos com o produtor Rafael Ramos, conhecido por produzir bandas como os Raimundos.

A partir de 2003, passou a cantar em outra banda, Pitty, que levava o seu nome. Foi uma das bandas de rock mais bem sucedidas a partir da década de 2000, vendendo cerca de 5 milhões de álbuns.

Seu disco de estréia “Admirável Chip Novo” (2003), foi o álbum de rock mais vendido do ano. A cantora repetiu o feito anterior com o “Anacrônico” (2005). Em 2007, lançou o álbum “{Des} Concerto ao Vivo", numa parceria com a marca de aparelhos eletrônicos Nokia, o que lhe rendeu o prêmio “Celular de Platina”. Com o álbum “Chiaroscuro” (2009), teve o single “Me Adora” como uma das canções mais escutadas do ano. Em 2010, lançou seu 2º álbum ao vivo, gravado no Rio de Janeiro, o “Trupe Delirante”, que foi indicado como melhor álbum de rock pelo Grammy Latino.

Em 2011, desenvolveu o projeto Agridoce, com fusões musicais entre o rock e folk. A banda, formada com o guitarrista Martin, já tocou em 2012 no South By Southwest (SXSW), considerado um dos maiores eventos do folk no mundo.


-----------------------------------------


Pitty SHOW COMPLETO 2019 | João Rock


Pitty - MATRIZ 1.0 - Planeta Atlântida 2019


Pitty - {Des}concerto Ao Vivo (DVD)

LIVE SHOW DA PITTY l Virada SP Online
Pitty se apresentou dia 17/10/2020 no palco do Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo. Sendo sua primeira live show durante a quarentena, no evento Virada SP Online. Uma realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de SP.

Pitty - Bem Brasil 2004 (Completo)

Pitty - A Trupe Delirante no Circo Voador (DVD)
Assista o DVD "A Trupe Delirante no Circo Voador" aqui! (Versão editada) 





Pitty - LIVE #LIVEPitty


Pitty - [2004] Banda MTV




My MTV - Pitty | MTV Brasil (2013)
Em 2013, os ex-VJs da extinta MTV Abril foram convidados para gravarem os especiais My MTV e relembrarem suas histórias na emissora, programas marcantes, curiosidades e, também, se despedirem do primeiro canal dedicado à música da TV brasileira.


 

 The Noite (08/10/14) - Entrevista com a cantora Pitty


=====================================================

Essa série eu já imaginava colocar no Blog a algum tempo, desde que recebi essa piada:

===================== Início da piada =======================


A EVOLUÇÃO DA MÚSICA ROMÂNTICA BRASILEIRA
/2010

Veja como a música romântica brasileira evoluiu em sessenta anos.

Década de 30:
Ele, de terno cinza e chapéu panamá, em frente à vila onde ela mora, canta: 
"Tu és, divina e graciosa, estátua majestosa!
Do amor por Deus esculturada.
És formada com o ardor da alma da mais linda flor, de mais ativo olor,
que na vida é a preferida pelo beija-flor...."
 
Década de 40:
Ele ajeita seu relógio Pateck Philip na algibeira, escreve para a Rádio Nacional e 
manda oferecer a ela uma linda música:
"A deusa da minha rua, tem os olhos onde a lua, costuma se embriagar.
Nos seus olhos eu suponho, que o sol num dourado sonho, vai claridade buscar"
 
Década de 50:
Ele pede ao cantor da boate que ofereça a ela a interpretação de uma bela bossa:
"Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça.
É ela a menina que vem e que passa,
no doce balanço a caminho do mar.
Moça do corpo dourado, do sol de Ipanema.
O teu balançado é mais que um poema.
É a coisa mais linda que eu já vi passar."

 
Década de 60:
Ele aparece na casa dela com um compacto simples embaixo do braço, ajeita a calça Lee e coloca na vitrola uma música papo firme:
"Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito não é maior que o meu amor, nem mais bonito...”
 
Década de 70:
Ele chega em seu fusca, com tala larga, sacode o cabelão, abre a porta prá mina entrar e bota uma melô jóia no toca-fitas:
"Foi assim... como ver o mar... a primeira vez que os meus olhos se viram no teu olhar... Quando eu mergulhei no azul do mar, sabia que era amor e vinha pra ficar..."
 
Década de 80:
Ele telefona pra ela e deixa rolar um:
"Fonte de mel, nos olhos de gueixa, Kabuki, máscara.
Choque entre o azul e o cacho de acácias, luz das acácias, você é mãe do sol. Linda linda sabe viver você me faz feliz...."

Década de 90:
“Agora vem pra perto vem vem depressa vem sem fim dentro de mim que eu quero sentir o teu corpo pesando sobre o meu vem meu amor vem pra mim, me abraça devagar, me beija e me faz esquecer. “
 
Ainda na Década de 90:
Ele liga pra ela e a convida para um rala rala
e curtir:
Bota a mão no joelho E dá uma abaixadinha Vai mexendo gostoso, Balançando a bundinha
Agora mexe vai, Mexe, mexe mainha Agora mexe, Mexe, mexe lourinha Agora mexe, Mexe, mexe neguinha Agora mexe Balançando a poupancinha Mexe, mexe, pro lado Mede, mexe, pro outro Vai mexendo embaixo Vai mexendo gostoso "Ah, que beleza, que maravilha, isso eh magnífico, mãe!" 
 
Em 2001: 
Ele captura na internet um batidão legal e manda pra ela, por e-mail:
"Tchutchuca! Vem aqui com o teu Tigrão.
Vou te jogar na cama e te dar muita pressão!
Vem...
“Vem Tchutchuca! Linda, senta aqui com seu pretinho vou te pegar no colo e ti fazer muito carinho...
 
Em 2002:
Ele pára o chevetinho 81, rebaixado, e no mais alto volume solta o som:
Abre as pernas, faz beicinho, vou morder o seu grelinho....
Vai Serginho, vai Serginho.... 
Abre as pernas, faz beicinho, vou morder o seu grelinho....
Vai Serginho, vai Serginho...."
“Abre a boca num si ispanta, vô gozá na tua garganta...."
 
Em 2003: 
Ele oferece uma música no baile: 
"Vou mandando um beijinho Prá filinha e prá vovó Só não posso esquecer Da minha Eguinha Pocotó Pocotó, pocotó, pocotó, pocotó Minha eguinha Pocotó! Pocotó, pocotó, pocotó, pocotó Minha eguinha POCOTÓ...."
 
Em 2004:
Ele a chama p/ dançar no meio da pista:
“Ah! Que isso? Elas estão descontroladas! Ah! Que isso? Elas Estão descontroladas! Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão descontroladas! Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão descontroladas!...”
 
Em 2005: 
Ele resolve mandar um convite para ela, através da rádio: 
“Hoje é festa lá no meu apê, pode aparecer, vai rolar bunda lelê!!! Hoje é festa lá no meu apê, tem birita até ao amanhecer” 
 
Em 2006: 
Ele a convida para curtir um baile ao som da música mais pedida e tocada no país: 
“Tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha!!! Calma, calma foguetinha!!! Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim, Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim !!!”
 
Ainda em 2006: 
Se você pensou que aquela poderia ser a ultima, mas já lançaram outra. 
Vai da tapinha na bundinha Vai que eu sou sua cachorrinha Vai que eu to muito assanhada vamos da uma lapadinha só se for na rachadinha E toma gostosa lapada na rachada Você pede e eu te dou lapada na rachada e ai ta gostoso? Lapada na rachada Toma,Toma,Toma...

 
Será que ainda pode vir mais que isso?!!!

2010:
Agora é ela que envia para ele o link do You Tube da Gaiola das Popuzuda, com esse extraordinário som:
"A guerra já começou,
E isso me excita.
O Alvo é minha buceta,

O fuzil é tua pica"
===================== Fim da piada =========================


Bom, nunca achei que a virtude fosse por culpa da idade da música. 
Sempre imaginei o seguinte: A qualidade da música vai definir o tempo que ela sobreviverá... Músicas boas são cantadas por décadas... Músicas excelentes são eternas... Músicas ruins duram dois anos, ou dois meses ou os quatro dias de carnaval...

Na década de trinta tinha músicas ruins... Como não sobreviveu até hoje não as conhecemos...

Músicas ruins que conhecemos hoje só aquelas que ouvimos no curto período em que elas existiram(na boca do povo ou nas sintonias do rádios), por isso a impressão que as antigas são melhores...

E hoje é criada muita música de qualidade... É só não ter preguiça de procurar...

Apesar de achar que antes tinha tanto lixo quanto hoje, o lixo só não sobreviveu, não quero mostrar isso... Quero só mostrar que hoje tem tanta qualidade quanto antes... 

Por isso vou colocar artistas/grupos de antigamente alternados com grupos e artistas da atualidade, mostrando minhas 20 músicas preferidas de cada... e eventualmente com uma historinha de cada um, vídeos interessantes sobre ele, site oficial se tiver, alguma curiosidade...

Somente por questões ideológicas: Vou tratar aqui somente da música brasileira! Não tem nenhum outro motivo além da vontade de somente falar de música brasileira. Não é preconceito, não é pós-conceito. É apenas a decisão de conhecer primeiro a música brasileira para depois conhecer a música estrangeira... Como ainda não cheguei a conhecer nem 10% da música nacional... não sei se vai dar tempo para conhecer o restante... 

===============================================




sábado, 3 de outubro de 2020

Nos embalos de Sexta-a-noite com a brasileira Multi-premiada de nome Maria #EHoraDeVirarOJogo

 


A Pandemia não tirou a vontade da nossa multi-premiada brasileira de nome Maria ajudar ao Brasil sair do Cenário de escassez e abraçar sua realidade de abundância.

Toda sexta-feira a noite ela tem feito lives com vários convidados importantes para conhecermos a realidade brasileira como ela é.

  Lançou a campanha/Hashtag  #EHORAdeVIRARoJOGO


Se você não está sabendo quem é é porque ainda não leu esse post:

A dívida pública brasileira - Quem quer conversar sobre isso? 

Nem esse:

As aventuras de uma premiada brasileira! (Episódio 2016: Contra o veto da Dilma!) 

Nem esse:

A minha primeira vez com Maria Lúcia Fattorelli. E a sua?


O conhecimento é a chave para a mudança!

#EHORAdeVIRARoJOGO


É HORA DE VIRAR O JOGO - Lançamento da campanha

12/08/2020: LANÇAMENTO COLETIVO DA CAMPANHA COM PARTICIPAÇÃO DE APOIADORES E NÚCLEOS



VÍDEO 1 #ÉHORAdeVIRARoJOGO


VÍDEO 2 #ÉHORAdeVIRARoJOGO



VÍDEO 3 #ÉHORAdeVIRARoJOGO

Coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, explica proposta da campanha e porque devemos nos engajar na ação É hora de virar o jogo. 




VÍDEO 4 #ÉHORAdeVIRARoJOGO

Estamos perdendo feio esse jogo, que amarra a economia e perpetua desigualdades. Precisamos nos unir para mudar esse jogo. 

Conheça a campanha e venha fazer parte! 




Vídeo 5 #EHORAdeVIRARoJOGO

Somos um país rico, mas estamos submetidos a um inaceitável cenário de escassez. Falta dinheiro para tudo, menos para as despesas financeiras. 





Vídeo 6 #EHORAdeVIRARoJOGO

Campanha É HORA DE VIRAR O JOGO quer mostrar a viabilidade de vivermos uma realidade digna e justa para todos. Mas por que isso ainda não acontece? 



Video 7 #EHORAdeVIRARoJOGO

Temos mantido, há vários anos, mais de R$ 4 trilhões em caixa (Tesouro Nacional, Banco Central e em reservas internacionais. Fora isso, ainda podemos aumentar nossa arrecadação tributária e cobrar a dívida ecológica. 



Vídeo 8 #EHORAdeVIRARoJOGO

Nesse vídeo, a coordenadora da Auditoria CIdadã da Dívida explica o que é dívida ecológica e a importância de se identificar todos os atores envolvidos na dívida ecológica tratando o tema de forma integral.

O conhecimento é a chave para a mudança!

#EHORAdeVIRARoJOGO



Video 9 EHORAdeVIRARoJOGO

Por que, apesar de nossa imensa riqueza, não estamos vivendo em outro patamar de desenvolvimento socioeconômico?

Entenda o modelo econômico errado que produz escassez e gera desigualdades:



Video 10 EHORAdeVIRARoJOGO

O privilégio da dívida pública e dos gastos financeiros é parte de um modelo econômico errado que atua no Brasil implementa o cenário de escassez por meio de diversas medidas econômicas.


Vídeo 11 EHORAdeVIRARoJOGO

Se somos tão ricos, o que nos impede nosso povo de viver uma vida digna?



VÍDEO 12 EHORAdeVIRARoJOGO

O que explica o cenário de escassez e crise que estamos vivendo, se não tivemos nenhum dos fatores que produzem crise?

Maria Lucia Fattorelli explica! 



É hora de virar esse jogo

#ÉHORAdeVIRARoJOGO


Muito se discute em união das esquerdas para derrotar Bolsonaro.

Não é disso que precisamos.

Precisamos de uma união das esquerdas para derrotar o Neo-Liberalismo.

Porque se for só para tirar o Bolsonaro e sua burrice, o Instituto Millenium do Paulo Guedes pode por alguém mais inteligente para implantar a sua agenda e o genocídio da nação brasileira vai continuar.

É essa união aqui que precisamos.

Quem não está nesse quadro em corpo presente ou em alma, alinhado com essas causas, essas bandeiras, esse lado da Briga NÃO É DE ESQUERDA.

Não importa o quanto distribuiu de migalhas via bolsa família ou corona valcher: Não está do lado da população. Tem que estar aqui na prática e não no discurso.

Se não está aqui pode largar a minha mão.

Se não está aqui pode parar com esse papinho de minoria, de cota, de educação sexual ou de proteção ao meio ambiente. Nem vou te ouvir.

Se não está aqui não me venha com discurso moralista, anti-corrupção, honestidade, bandido ou cadeia.

Se não está aqui pode parar com esse assunto de liberdades individuais, propriedade privada, 100 milhões de morte do comunismo.

Se não está aqui pode parar com essas teorias de doença que não mata, meio de comunicação mentirosos, foro de São Paulo, Ursal, papo de crente, católico ou espírita.

Entre aqui primeiro e pode então defender qualquer outras segundas prioridades.

Não está aqui está contra a nação brasileira.

Não tem meio termo.

Não está aqui não quero união com o inimigo.

Aqui é o lugar da turma boa, dos nacionalistas, dos progressistas, dos desenvolvimentistas, dos patriotas, dos trabalhadores, dos empregadores, do servidor publico, do poder público, das universidades, da saúde, da segurança e da educação.

E somente desses.

Não está aqui não precisa pedir desculpas.

Não está aqui não me venha falar de aliança. 

 Entre aqui e bem vindo a luta.

Devo avisar que o inimigo é poderoso como um Dragão de 9 cabeças.

#EHoraDeVirarOJogo


02/10/2020

A coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida explica, na live desta sexta-feira (2), os meandros da Reforma Administrativa em debate no Congresso



30 de set. de 2020

DCM: Fattorelli fala sobre privatizações e prejuízos para a população


 25 de set. de 2020

Privatização da Casa da Moeda


A Casa da Moeda do Brasil faz parte do grupo de estatais a serem privatizadas pelo governo federal. E nesta sexta-feira (25) a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli e o presidente do Sindicato  Nacional dos Moedeiros, Roni Oliveira vão debater sobre a privatização, seus riscos e prejuízos para o país.


18 de set. de 2020

Reforma administrativa e a destruição dos serviços públicos

A live desta sexta-feira (18) vai debater a Reforma Administrativa e a destruição dos serviços públicos, com a presença do diretor do Sintrajud, Fabiano dos Santos e a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli.


 15 de set. de 2020

 A Dívida Pública e a Dura Realidade das Periferias

 Coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, debate hoje (15), a relação entre a Dívida Pública e a realidade nas periferias. O debate também terá a presença da coordenadora do núcleo capixaba, Lujan Miranda e do vigário episcopal para ação social, política e ecumênica da Arquidiocese de Vitória (ES), Pe. Kelder Figueira.


  11 de set. de 2020

  Privatização da ELETROBRAS - É hora de virar o jogo

  A coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, conversa com o presidente da Associação de Empregados do Cepel - ASEC, Márcio Giannini sobre a privatização da Eletrobras. 

O governo quer entregar a Eletrobras, privatizando o que restou de patrimônio público federal no setor elétrico brasileiro, apesar de o setor de energia elétrica no Brasil operar com elevadas taxas de lucros. 

#EHORAdeVIRARoJOGO



 4 de set. de 2020

 Tesouro gastou quase R$ 3 trilhões com o banco central

 Nos últimos dez anos, o Tesouro Nacional gastou quase R$ 3 trilhões com o Banco Central com a emissão de títulos da dívida pública sem contrapartida financeira.

Essa semana, circulou a informação de que o Banco Central estaria devolvendo alguns milhões ao Tesouro Nacional. Mas o que isso significa?

Na Live desta sexta-feira, a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli vai falar mais sobre isso e explicar os seguidos prejuízos que o Banco Central acarreta ao Tesouro Nacional.



28 de ago. de 2020

Privatizações da Educação

Nessa live, a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli conversa com o presidente do ANDES, Antônio Gonçalves e o doutor Alan Kenji.



21 de ago. de 2020

Privatização dos Correios? É hora de virar o jogo

Não perca a live desta sexta-feira (21), com representantes dos trabalhadores dos Correios, para debater com Maria Lucia Fattorelli a privatização da empresa.

Quem ganha e quem perde com isso?

<iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="270" src="https://www.youtube.com/embed/COQYqTjhRgM" width="480"></iframe>


 14 de ago. de 2020

 

PRIVATIZAÇÕES NA PETROBRAS E O SISTEMA DA DÍVIDA

 Quer entender a relação entre as privatizações, como a da Petrobras, e o Sistema da Dívida? Que saber a quem interessa o desmonte das empresas publicas?

Então não perca a live de hoje, com Maria Lucia Fattorelli e o presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras, Felipe Coutinho.



7 de ago. de 2020

O sistema da Dívida e os danos à Classe Trabalhadora

A coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli e o diretor da Executiva Nacional da ASSIBGE-SN e coordenador do Núcleo da ACD/RJ, Paulo Lindesay, conversam sobre os ataques do governo aos direitos da classe trabalhadora e como o endividamento público vem sendo usado como justificativa para o desmonte do Estado.



31 de jul. de 2020

Privatizações: “Reestruturação” ou Destruição do Estado?

A coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida conversa com a professora da UFRL, Sara Granemann sobre plano de privatizações do governo, cuja finalidade é o pagamento dos encargos da dívida pública. 


https://youtu.be/y40WYXOB6nE


3 de jul. de 2020

"EC 106 e o oportunismo dos bancos"

A coordenadora nacional da Auditoria Cidadã da Dívida conversa com o ex-banqueiro de investimento, empresário, engenheiro, escritor, dramaturgo, Eduardo Moreira. 

Na pauta, a EC 106 e o oportunismo dos bancos. 





 26 de jun. de 2020

"Crise dos estados, dívida pública e o financiamento da educação"

 live para debater a crise dos estados, dívida pública e o financiamento da educação. A Profa. Dra. Rivania Moura e a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli esperam vocês para um debate 

 


Especial: É tudo um assunto só!


Outro dia discutindo sobre as manifestações do dia 15, sobre crise do governo e a corrupção da Petrobrás eu perguntei a ele se tinha acompanhado a CPI da Dívida Pública. Então ele me respondeu: Eu lá estou falando de CPI?! Não me lembro de ter falado de CPI nenhuma! Estou falando da roubalheira... A minha intenção era dizer que apesar de ter durado mais de 9 meses e de ter uma importância ímpar nas finanças do país, a nossa grande mídia pouco citou que houve a CPI e a maioria da população ficou sem saber dela e do assunto... Portanto não quis fugir do assunto... é o mesmo assunto: é a política, é a mídia, é a corrupção, são as eleições, é a Petrobras, a auditoria da dívida pública, democracia, a falta de educação, falta de politização, compra de votos, propina, reforma política, redemocratização da mídia, a Vale, o caso Equador, os Bancos, o mercado de notícias, o mensalão, o petrolão, o HSBC, a carga de impostos, a sonegação de impostos,a reforma tributária, a reforma agrária, os Assassinos Econômicos, os Blog sujos, o PIG, as Privatizações, a privataria, a Lava-Jato, a Satiagraha, o Banestado,  o basômetro, o impostômetro, É tudo um assunto só!...




A dívida pública brasileira - Quem quer conversar sobre isso? 

Escândalo da Petrobrás! Só tem ladrão! O valor de suas ações caíram 60%!! Onde está a verdade?


10 anos de Zeitgeist o documentário mais polêmico do 3° Milênio. (Projeto Vênus)


Operação Satiagraha - Operação policial de maior relevância política até 2014.


O Oswaldinho está morando nos Estados Unidos, deve ser vizinho do Pateta!

A revolução será digitalizada (Sobre o Panamá Papers)

O tempo passa... O tempo voa... E a memória do brasileiro continua uma m#rd*

As empresas da Lava-jato = Os Verdadeiros proprietários do Brasil = Os Verdadeiros proprietários da mídia.

Desastre na Barragem Bento Rodrigues <=> Privatização da Vale do Rio Doce <=> Exploração do Nióbio

Trechos do Livro "Confissões de um Assassino Econômico" de John Perkins 

Meias verdades (Democratização da mídia)

Spotniks, o caso Equador e a história de Rafael Correa.

O caso grego: O fogo grego moderno que pode nos dar esperanças contra a ilegítima, odiosa, ilegal, inconstitucional e insustentável classe financeira.



UniMérito - Assembleia Nacional Constituinte Popular e Ética - O Quarto Sistema do Mérito 

Jogos de poder - Tutorial montado pelo Justificando, os ex-Advogados Ativistas

MCC : Movimento Cidadão Comum - Cañotus - IAS: Instituto Aaron Swartz

TED / TEDx Talks - Minerando conhecimento humano




Mais desse assunto:

O que tenho contra banqueiros?! Operações Compromissadas/Rentismo acima da produção

Uma visão liberal sobre as grandes manifestações pelo país. (Os Oligopólios cartelizados)

PPPPPPPPP - Parceria Público/Privada entre Pilantras Poderosos para a Pilhagem do Patrimônio Público



As histórias do ex-marido da Patrícia Pillar

Foi o "Cirão da Massa" que popularizou o termo "Tattoo no toco"

A minha primeira vez com Maria Lúcia Fattorelli. E a sua?

As aventuras de uma premiada brasileira! (Episódio 2016: Contra o veto da Dilma!) 

A mídia é o 4° ou o 1° poder da república? (Caso Panair, CPI Times-Life)

O Mercado de notícias - Filme/Projeto do gaúcho Jorge Furtado








Quem inventou o Brasil: Livro/Projeto de Franklin Martins (O ex-guerrilheiro ouve música)

Eugênio Aragão: Carta aberta a Rodrigo Janot (o caminho que o Ministério público vem trilhando)

Luiz Flávio Gomes e sua "Cleptocracia"


Quem vamos invadir a seguir (2015) - Michel Moore



Ricardo Boechat - Talvez seja ele o 14 que eu estou procurando...

Melhores imagens do dia "Feliz sem Globo" (#felizsemglobo)

InterVozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social



Sobre Propostas Legislativas:


Manifesto Projeto Brasil Nação

A PLS 204/2016, junto com a PEC 241-2016 vai nos transformar em Grécia e você aí preocupado com Cunha e Dilma?!

A PEC 55 (antiga PEC 241). Onde as máscaras caem.

Voto em Separado PEC 55 / PEC 241 - Assinado por Roberto Requião, oposição e população. 

Em conjunto CDH e CAE (Comissão de Direitos Humanos e Comissão de Assuntos Econômicos)

PBH Ativos. Emissão de Debentures S.A.

Sugestão inovadora, revolucionária, original e milagrosa para melhorar a trágica carga tributária brasileira.


Debates/Diálogos:

Debate sobre Banco Central e os rumos da economia brasileira...

Diálogo sobre como funciona a mídia Nacional - Histórias de Luiz Carlos Azenha e Roberto Requião.

Diálogo sobre Transparência X Obscuridade.

Plano Safra X Operações Compromissadas.

Eu acuso... Antes do que você pensa... Sem fazer alarde...talvez até já tenha acontecido...


Depoimento do Lula: "Nunca antes nesse país..." (O país da piada pronta)
(Relata "A Privataria Tucana", a Delação Premiada de Delcidio do Amaral e o depoimento coercitivo do Lula para a Polícia Federal)


Democratizando a mídia:




Um ano do primeiro golpe de estado no Brasil no Terceiro Milênio.


Desastre em Mariana/MG - Diferenças na narrativa.

Quanto Vale a vida?!

Como o PT blindou o PSDB e se tornou alvo da PF e do MPF - É tudo um assunto só!

Ajuste Fiscal - Trabalhadores são chamados a pagar a conta mais uma vez


Resposta ao "Em defesa do PT" 

Sobre o mensalão: Eu tenho uma dúvida!



Questões de opinião:

Questão de opinião: Maioridade penal a partir de 16 anos: seria uma boa?

Questão de Opinião: Financiamento de campanha: Público X Privado X Empresarial.

Questão de opinião: Terceirização - Temos que garantir os direitos deles ou dela? (PL 4330) (PCL 30/2015)

Eduardo Cunha - Como o Brasil chegou a esse ponto?



Sobre a Ditadura Militar e o Golpe de 64:


O Brasil Mudou. A Mídia não!

Dossiê Jango - Faz você lembrar de alguma coisa?

Comissão Nacional da Verdade - A história sendo escrita (pela primeira vez) por completo.

CPI da Previdência


CPI da PBH Ativos


Sobre o caso HSBC (SwissLeaks):

Acompanhando o Caso HSBC I - Saiu a listagem mais esperadas: Os Políticos que estão nos arquivos.

Acompanhando o Caso HSBC II - Com a palavra os primeiros jornalistas que puseram as mãos na listagem.

Acompanhando o Caso HSBC III - Explicações da COAF, Receita federal e Banco Central.

Acompanhando o Caso HSBC V - Defina: O que é um paraíso fiscal? Eles estão ligados a que países?

Acompanhando o Caso HSBC VI - Pausa para avisar aos bandidos: "Estamos atrás de vocês!"... 

Acompanhando o Caso HSBC VII - Crime de evasão de divisa será a saída para a Punição e a repatriação dos recursos

Acompanhando o Caso HSBC VIII - Explicações do presidente do banco HSBC no Brasil

Acompanhando o Caso HSBC IX  - A CPI sangra de morte e está agonizando...

Acompanhando o Caso HSBC X - Hervé Falciani desnuda "Modus-Operandis" da Lavagem de dinheiro da corrupção.

Acompanhando o Caso HSBC XI - Vomitasso!! Como foi... Como deveria ter sido....


Sobre o caso Operação Zelotes (CARF):

Acompanhando a Operação Zelotes!

Acompanhando a Operação Zelotes II - Globo (RBS) e Dantas empacam as investigações! Entrevista com o procurador Frederico Paiva.

Acompanhando a Operação Zelotes III - Aberto a CPI do CARF - Vamos acompanhar!! 

Acompanhando a Operação Zelotes IV (CPI do CARF) - Apresentação da Polícia Federal, Explicação do Presidente do CARF e a denuncia do Ministério Público.

Acompanhando a Operação Zelotes V (CPI do CARF) - Vamos inverter a lógica das investigações?

Acompanhando a Operação Zelotes VI (CPI do CARF) - Silêncio, erro da polícia e acusado inocente depõe na 5ª reunião da CPI do CARF.

Acompanhando a Operação Zelotes VII (CPI do CARF) - Vamos começar a comparar as reportagens das revistas com as investigações...

Acompanhando a Operação Zelotes VIII (CPI do CARF) - Tem futebol no CARF também!...

Acompanhando a Operação Zelotes IX (CPI do CARF): R$1,4 Trilhões + R$0,6 Trilhões = R$2,0Trilhões. Sabe do que eu estou falando?

Acompanhando a Operação Zelotes X (CPI do CARF): No meio do silêncio, dois tucanos batem bico...

Acompanhando a Operação Zelotes XI (CPI do CARF): Tarólogo bocudo dá corpo à versão da Veja.

Acompanhando a Operação Zelotes XII (CPI do CARF): Nem tudo é igual quando se pensa em como tudo deveria ser...

Acompanhando a Operação Zelotes XIII (CPI do CARF): APS fica calado. Meigan Sack fala um pouquinho. O Estadão está um passo a frente da comissão? 

Acompanhando a Operação Zelotes XIV (CPI do CARF): Para de tumultuar, Estadão!

Acompanhando a Operação Zelotes XV (CPI do CARF): Juliano? Que Juliano que é esse? E esse Tio?

Acompanhando a Operação Zelotes XVI (CPI do CARF): Senhoras e senhores, Que comece o espetáculo!! ("Operação filhos de Odin")

Acompanhando a Operação Zelotes XVII (CPI do CARF): Trechos interessantes dos documentos sigilosos e vazados.

Acompanhando a Operação Zelotes XVIII (CPI do CARF): Esboço do relatório final - Ainda terão mais sugestões...

Acompanhando a Operação Zelotes XIX (CPI do CARF II): Melancólico fim da CPI do CARF. Início da CPI do CARF II

Acompanhando a Operação Zelotes XX (CPI do CARF II):Vamos poupar nossos empregos

Acompanhando a Operação Zelotes XXI (CPI do CARF II): Entrando no mérito da questão: Ágio Interno.

Acompanhando a Operação Zelotes XXII (CPI do CARF II): Só ladrões de galinhas...

Acompanhando a Operação Zelotes XXIII (CPI do CARF II): Quem faz/fez contabilidade criativa no Brasil?!


Sobre CBF/Globo/Corrupção no futebol/Acompanhando a CPI do Futebol:

KKK Lembra daquele desenho da motinha?! Kajuru, Kfouri, Kalil:
Eu te disse! Eu te disse! Mas eu te disse! Eu te disse! K K K

A prisão do Marin: FBI, DARF, GLOBO, CBF, PIG, MPF, PF... império Global da CBF... A sonegação do PIG... É Tudo um assunto só!!

Revolução no futebol brasileiro? O Fim da era Ricardo Teixeira. 

Videos com e sobre José Maria Marin - Caso José Maria MarinX Romário X Juca Kfouri (conta anonima do Justic Just ) 

Do apagão do futebol ao apagão da política: o Sistema é o mesmo


Acompanhando a CPI do Futebol - Será lúdico... mas espero que seja sério...

Acompanhando a CPI do Futebol II - As investigações anteriores valerão!

Acompanhando a CPI do Futebol III - Está escancarado: É tudo um assunto só!

Acompanhando a CPI do Futebol IV - Proposta do nobre senador: Que tal ficarmos só no futebol e esquecermos esse negócio de lavagem de dinheiro?!

Acompanhando a CPI do Futebol V - Andrew Jennings implora: "Dont give up"! (Não desistam)!

Acompanhando a CPI do Futebol VI - O Romário é centro-avante ou um juiz?! 

Acompanhando a CPI do Futebol VII - Uma questão de opinião: Ligas ou federações?!

Acompanhando a CPI do Futebol VIII - Eurico Miranda declara: "A modernização e a profissionalização é algo terrível"!

Acompanhando a CPI do Futebol IX - Os presidentes de federações fazem sua defesa em meio ao nascimento da Liga...

Acompanhando a CPI do Futebol X - A primeira Liga começa hoje... um natimorto...

Acompanhando a CPI do Futebol XI - Os Panamá Papers - Os dribles do Romário - CPI II na Câmara. Vai que dá Zebra...

Acompanhando a CPI do Futebol XII - Uma visão liberal sobre a CBF!

Acompanhando a CPI do Futebol XIII - O J. Awilla está doido! (Santa inocência!)

Acompanhando a CPI do Futebol XIV - Mais sobre nosso legislativo do que nosso futebol



Acompanhando o Governo Michel Temer

Acompanhando o Governo Michel Temer I