Magazine Luiza

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Rir sobre o Caso Lula X Maluf X Adade X Erundina

PARA APRENDER A “OBRAR” NO LUGAR CERTO

Charge de Roque Sponholz e Texto de Giulio Sanmartini
Segundo da deputada Luiza Erundina (PPSP), o ligar-se a Maluf, foi “um preço alto por uma coisa pequena”. E foi além, fazendo a afirmativa até pouco tempo impensável, que o todo poderoso Lula passara dos limites ao fazer-se fotografar com o meliante internacional Paulo Maluf.
Dessa ligação espúria, se existe alguém que possa falar esse alguém e a Erundina. Em 1992, contrariando a orientação do partido, aceitou ser ministra-chefe da Secretaria da Administração Federal do governo Itamar Franco.
Em represália, o Diretório Nacional do PT decidiu suspender, por um ano, todos os seus direitos e deveres partidários. Na ocasião, segundo uma nota divulgada pelo PT, a deputada teria rompido com a disciplina partidária, ao não consultar a legenda sobre o assunto, e ao desrespeitar a decisão do partido de fazer oposição a Itamar. Dessa maneira, em 1997, depois de 17 anos de militância, ela sairia do PT e em 1998 filia-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB).
Chamada por quem a expulou, para ser vice de Fernando Haddad à prefeitura paulistana, em princípio aceitou, mas não agüetou ter que  juntar-se a Paulo Maluf.
Não foi Maluf que se ofereceu, mas foi Lula quem  lhe pediu ajuda, depois de, durante sua vida política, ter ficado rouco de tanto chamá-lo de ladrão.
Erundina, de forma velada mandou um recado a Lula, quando disse  acreditar que a presença de Maluf no palanque de Haddad trará prejuízos ao petista. “Poderá enfraquecer. Criou um clima de perplexidade. É um desconforto. A militância petista é feita de pessoas que têm exigências. Não são pessoas indiferentes ao que os dirigentes decidem”.
Com mais esse, vai aumentando a coleção de erros políticos de Lula, que tiveram início com a própria escolha de Haddad, depois o encontro desastroso com o ministro Gilmar Mendes, a CPI de Cachoeira.
Hoje se pode dizer, sem medo de errar, que Luiz Inácio Lula da Silva é um especialista em merda, como “nunca ninguém viu na história desse país”.

Nesta segunda-feira (18), o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) anunciou apoio ao petista Fernando Haddad nas eleições municipais deste ano. Em meio a elogios ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) e à senadora Marta Suplicy (PT-SP), Maluf parece ter deixado de lado antigas opiniões e rixas com os petistas. Neste vídeo, podemos comparar o que disse Maluf durante o anuncio de apoio ao PT com o que havia dito em ocasiões anteriores sobre seus adversários históricos. 










 




















































Esclarecimento da Erundina:

Aliança criou clima de perplexidade na própria militância, diz Erundina

TV Estadão | 20.06.2012
Deputada federal diz que militantes do PT estavam felizes com seu apoio e que atitude de Lula foi fatal para sua saída da chapa de Fernando Haddad; de acordo com ela PSB, não indicará outro vice