Magazine Luiza

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Google simplifica políticas de uso: veja o que mudou

O Google anunciou, na última terça-feira (24/01), uma profunda atualização em seus Termos de Serviços e nas Políticas de Privacidade. Estas mudanças entrarão em vigor no próximo dia 1º de março e têm o intuito de unificar as diretrizes de mais de 60 produtos e serviços da empresa que, até então, possuíam regulamentações próprias.
logo google (Foto: techtudo)
De acordo com o Google, a nova política de privacidade da empresa “deixa bem claro que, caso você tenha feito login, nós poderemos combinar informações fornecidas de um serviço com os dados de outros". A empresa diz ainda que tratará cada usuário como um único em todos os produtos, o que proporcionará uma experiência mais simples e intuitiva com o Google.
Em outras palavras, a empresa cruzará todas as informações de uso de mais de 60 dos seus 70 produtos para oferecer ao usuário o que acredita ser interessante para ele. Como exemplo do cruzamento de dados, a empresa diz que poderá “oferecer lembretes de que você se atrasará para uma reunião com base na sua localização, na sua agenda e com os dados do tráfego no dia em questão”.
A empresa afirma que, apesar de todas as informações de uso coletadas, a privacidade do usuário continua em primeiro lugar. Além disso, informações confidenciais somente seriam compartilhadas com terceiros no caso de haver uma ordem judicial, e nenhuma informação pode ser vendida em hipótese alguma.
O Google deixa claro que, caso o usuário continue fazendo uso dos produtos e serviços da empresa após 1º de março, estará automaticamente concordando com suas novas diretrizes. Caso não concorde com a nova regulamentação, o usuário poderá exportar os seus dados através das ferramentas do Data Liberation e, em seguida, excluir a sua conta do Google.

Google simplifica políticas de uso: veja o que mudou

Informações de todos os produtos Google usados pelo usuário serão integradas a partir do dia 1º de março








Reprodução
google plus
O Google está integrando todos os seus produtos e isso exige mudanças nos termos de privacidade e de uso dos seus serviços. E, para ajudar os usuários, os desenvolvedores da empresa divulgaram mudanças nesses termos, que passarão a valer a partir do dia 1º de março.

As novas políticas e princípios dos produtos do Google resumiram mais de 60 configurações de privacidade em apenas um documento, mais simples de entender e que facilita ao Google a permissão para sincronizar todos os serviços vinculados à conta do usuário no futuro.

A mudança ainda vai demorar mais de um mês para acontecer, mas usuários não precisam se preocupar: nenhuma funcionalidade será alterada. A mudança apenas garante que os usuários estejam cientes que todos os serviços são integrados, e que os dados de um podem ser usados no outro. Assim, se você não faz buscas por academias, não verá anúncios de academias no Gmail. Ou, então, se você enviou um email para um amigo falando sobre a ideia de adotar um animal, vai receber anúncios de adoção de animais nas buscas.

O Google garante que vai usar dados dos usuários apenas para tornar os serviços mais próximos ao que você costuma usar na internet, e que nenhuma dessas informações vai ser cedida para nenhum anunciante.

Não existe a possibilidade de desativar essa função de integração total dos serviços - se o usuário não quiser, a solução é simplesmente abandonar a conta. Até o dia 1º de março, todos os usuários receberão um e-mail avisando das mudanças.

 Veja o post no blog da google dessas notícias:

Atualização dos nossos termos de serviço e políticas de privacidade

Terça-feira, Janeiro 24, 2012 1/24/2012 12:54:00 PM


Em pouco mais de um mês, realizaremos algumas mudanças em nossas políticas de privacidade e nos termos de serviço do Google. Essas coisas são importantes, por isso gostaríamos de explicar o que vai mudar, o porquê da mudança e o que isso significa para os usuários.

Em primeiro lugar, nossas políticas de privacidade. A nossa abordagem atual é um pouco complicada. Apesar de termos enxugado (em inglês) nossas políticas em 2010, ainda temos mais de 70 (sim, isso mesmo, 70) avisos de privacidade que cobrem todos os nossos diferentes produtos. Essa abordagem não se alinha com o nosso esforço para criar uma experiência mais simples e intuitiva para o usuário no Google, ao integrar ainda mais os nossos diferentes produtos.

Portanto, vamos implementar uma nova política de privacidade principal que fornece uma visão geral das informações que coletamos e de como as usamos, mas de uma maneira mais legível. Apesar de precisarmos manter separadas, por motivos legais e outras razões, estamos consolidando mais de 60 desses avisos em nossa Política de Privacidade.

Agências regulatórias de todo o mundo têm solicitado políticas de privacidade mais curtas e simples. Ter uma política para cobrir diversos produtos é, em larga escala, o padrão na web. Estas mudanças entrarão em efeito no dia primeiro de março, e começamos a notificar os usuários hoje, por e-mail e também com um aviso na nossa página inicial.



O que isto significa na prática? A mudança principal recai sobre os usuários com Contas do Google. A nossa nova política de privacidade deixa bem claro que, caso você tenha feito login, nós poderemos combinar informações fornecidas de um serviço com os dados de outros. Em poucas palavras, trataremos você como um único usuário em todos os nossos produtos, o que proporcionará uma experiência mais simples e intuitiva com o Google.

Recentemente, lançamos um recurso de pesquisa pessoal que é um bom exemplo do que o Google pode fazer quando combinamos informações entre nossos produtos. A nossa caixa de pesquisa agora oferece ótimas respostas, não apenas da web, mas das suas coisas pessoais também. Assim, se eu pesquisar por restaurantes em Munique, na Alemnha posso ver postagens do Google+ ou fotos que outras pessoas compartilharam comigo ou que estão nos meus álbuns. Hoje, nós podemos oferecer modos de tornar mais fácil para você ler um texto do Google Docs diretamente no seu Gmail, ou então convidar alguém dos Contatos do seu Gmail para uma reunião pelo Google Calendar.

Mas isto é apenas o começo. Há ainda muito mais que o Google pode fazer para ajudá-lo, ao compartilhar mais das suas informações com... bem, com você mesmo. Podemos melhorar a pesquisa, ao descobrir por qual gadget, carro ou tipo de música que você se interessa de verdade.

Também podemos oferecer anúncios mais relevantes. Por exemplo, estamos no verão, então talvez você tenha interesse em anúncios sobre fitness. Podemos oferecer lembretes de que você se atrasará para uma reunião com base na sua localização, na sua agenda e com os dados do tráfego no dia em questão. Ou garantir que as nossas sugestões de ortografia sejam mais precisas, mesmo quando se trata dos nomes dos seus amigos, porque você já os digitou antes. As pessoas ainda têm muito o que fazer, e queremos ser ainda mais eficientes para ajudá-las.

Em segundo lugar, vamos aos termos de serviço do Google. São estes os termos com os quais você concorda ao usar nossos produtos. Assim como as nossas políticas de privacidade, eles também foram reescritos para proporcionar mais facilidade de leitura, e também reduzimos seu número total. Agora, muitos dos nossos produtos estão cobertos pelos principais termos de serviço do Google. Visite a página dos termos de serviço do Google para encontrar os termos revisados.

E, finalmente, o que não vamos mudar. Nós mantivemos o nosso compromisso com o Data Liberation Front (em inglês), para que você possa levar suas informações para outro serviço, se quiser. Nós não vendemos seus dados pessoais, nem os compartilhamos externamente sem a sua permissão, exceto em circunstâncias extremas, como no caso de uma ordem judicial. Nós nos esforçamos(link em inglês) para manter a transparência sobre as informações que coletamos e lhe damos escolhas significativas sobre como estas serão usadas. Por exemplo, o nosso Gerenciador de preferências de anúncio possibilita que você edite as categorias de interesse dos anúncios que oferecemos ou até que desative determinados anúncios do Google. E, desde o início, continuamos a criar mais controles de privacidade nos nossos produtos, como os círculos do Google+ (clique [CC] no vídeo para ativar legendas em português).

Acreditamos que esta nova política, mais simples, facilitará o entendimento das nossas práticas de privacidade para os usuários, além de possibilitar que o Google melhore os serviços que já oferecemos. Seja você um novo usuário do Google ou um antigo conhecido, separe um tempo para ler os nossos novos termos e política de privacidade. Saiba mais sobre as mudanças que estamos realizando e entenda melhor os controles que oferecemos.